Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Conteúdo do artigo

Windows 10: Microsoft tira dúvidas sobre novos PCs, pirataria e mais

Informações do artigo

  • 15

A versão final do Windows 10 será lançada no dia 29 de julho, e tudo indica que esse será um grande passo para a Microsoft.

O novo sistema operacional funcionará em todos os dispositivos como computadores, celulares, tablets, no console Xbox e até no ambicioso óculos de realidade aumentada, o HoloLens. 

Em que dispositivos será possível encontrar o sistema no lançamento?

 

Apesar da proposta integrada, em um primeiro momento o Windows 10 vai rodar apenas em laptops, desktops e tablets. Consequentemente, donos de notebooks ou ultrabooks 2 em 1 – aparelhos híbridos que hora funcionam como tablet, hora como PC – poderão aproveitar a novidade após o lançamento.

Para esses usuários, o Windows 10 será ainda mais atrativo. Isso porque, o sistema consegue identificar rapidamente quando há, ou não, um teclado, mouse e monitor maior – e, dessa forma, se adaptar. Sem o teclado, o sistema redimensiona os ícones para melhorar a navegação em telas sensíveis ao toque. Já no modo computador, o sistema volta ao layout desktop mais tradicional de Área de Trabalho. Tudo isso, claro, pode ser configurado como quiser pelo usuário.

Já os smartphones, devem receber o novo sistema só em outubro deste ano, quando a empresa planeja lançar a quarta etapa de sua estratégia. Nesses dispositivos a atualização só será gratuita para usuários do Windows Phone 8.1.

Quanto ao Xbox One, ainda não há uma data fixa para que o videogame integre oficialmente a lista de dispositivos com Windows 10. Por enquanto, a Microsoft anunciou que a transição para o sistema ocorrerá por partes, através de atualizações gratuitas e automáticas, lançadas no decorrer do ano.

Quem baixar o Windows 10 mês que vem, por outro lado, já terá funções do console no PC ou tablet, e poderá ver seu perfil, amigos, mensagens e conquistas da Xbox Live, sem precisar ligar o seu Xbox.

Quem terá direito ao update gratuito?

Em termos simples, se você tem um computador ou tablet rodando Windows 7, 8.1 ou Phone 8.1, poderá realizar o upgrade gratuito – somente durante um ano. Mas, não se preocupe, quem atualizar o sistema durante esse período não precisará pagar pelo Windows 10 quando o prazo acabar.

Já aqueles que perderem o tempo limite para o update gratuito deverão pagar pelo novo sistema, mas um valor em real ainda não foi definido. O que se sabe é que, pelo menos internacionalmente, a empresa planeja manter um custo similar ao do Windows 8: US$ 120, aproximadamente R$ 370.

E a versão pirata?

Para quem usa a versão pirata do sistema operacional, a atualização oficial não é garantida. “A última informação oficial que temos é: o usuário que tem uma cópia que não é legítima fará a atualização adquirindo uma licença do Windows 10″, diz Gustavo Lang, gerente geral da divisão de Windows.

“Essa atualização não vai acontecer da mesma forma como ocorre com quem tem uma cópia legal e, caso venham a aparecer versões piratas do Windows 10, ele continuará sendo marcado com limitações de personalização, e terá marca d’água identificando que não é um software legal”, conclui Lang.

Quanto pesa o Windows 10?

O arquivo de download tem 3 GB, e, durante seu funcionamento, o sistema operacional ocupa menos espaço do que o Windows 8. Dessa forma, é seguro dizer que computadores que rodam bem o último Windows, não terão problemas em trabalhar com o Windows 10.

É necessário ter uma conta Windows para realizar o upgrade?

Não. A encomenda e download do Windows 10 não demandam um perfil no serviço da Microsoft. Entretanto, sem ele, o usuário fica de fora de algumas funções essenciais do pacote, como e-mail, acesso a funcionalidades integradas com Xbox e a transição de configurações da versão anterior do Windows para o 10.

Como se preparar para o Windows 10?

Mesmo com todos os esforços para garantir uma atualização segura para o Windows 10, a empresa ainda reforça a importância de realizar um backup completo de sua máquina antes da transição. Assim o usuário garante que seus arquivos estarão seguros em algum outro lugar e prontos para serem reinstalados quando o novo sistema operacional estiver funcionando.

Como funcionam as licenças?

Neste ponto, também não haverão mudanças: sua cópia do Windows 10 é atrelada aos aparelhos em que você realizou o upgrade. Não é possível transferir uma única cópia para computadores diferentes.

Quando dispositivos montados especialmente para o Windows 10 vão chegar ao Brasil?

A Microsoft espera que aparelhos adaptados para o Windows 10 comecem a surgir no final deste ano. Ou seja, para o Natal. Esses dispositivos poderão ter câmeras para reconhecimento facial, microfones alinhados com a assistente de voz Cortana, entre outros recursos.

“Ainda não temos nenhuma data sobre modelos de fabricantes específicos a revelar”, esvazia Lang, sem promessas."Esse trabalho começou no momento que abrimos o código para a comunidade de desenvolvimento. Fabricantes já vêm trabalhando para incorporar as funcionalidades específicas do Windows 10 e também para garantir que as máquinas que eles já produziram, que já venderam aos consumidores, também tenham uma experiência de migração adequada.”, completou.

E a segurança?

Com o novo sistema, a Microsoft se une a outras empresas de tecnologia no esforço de abandonar a senha de acesso. A função Windows Hello permitirá fazer login através de biometria ou câmeras de reconhecimento facial. A ideia é proteger o usuário desde o momento que ele inicia a máquina.

Outro recurso importante, é a possibilidade de personalizar o nível de segurança de arquivos individualmente. Assim, o usuário pode decidir, por exemplo, que um arquivo Word vai ser visível apenas para contatos específicos, ou que uma planilha de Office estará disponível 'apenas para você'.

Finalmente, pais terão uma nova ferramenta para a família para monitorar o uso da Internet pelas crianças e adolescentes nos dispositivos com Windows 10 instalado.

Outro elemento menor, mas também importante: mesmo com o Windows 10 instalado, o Windows mantém uma cópia do sistema operacional anterior por 30 dias no computador do usuário, caso ele se arrependa do upgrade e decida voltar para a outra versão. Sendo assim, faça o update tranquilo.

E quem fica para trás?

A Microsoft continuará a dar suporte para Windows Vista, 7 e 8. Essa garantia se deve ao desenvolvimento menos intensivo no Windows 10.

"O time de engenharia, que estaria agora pensando na próxima versão, está pensando em funcionalidades", diz Fábio Gaspar, gerente de produtos do Windows no Brasil.

"Ao invés de grandes lançamentos de três em três anos, agora nosso trabalho é contínuo e a medida que o time criar recursos significativos, disparamos isso como serviço", explica.

Fonte:Tech Tudo

Menu voltado para os artigos