Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Sem Comentários

Conteúdo do artigo

Windows 10 deixará de receber suporte da Microsoft em 2025

Informações do artigo


Windows 10 (imagem: Windows/Unsplash)

Sem fazer barulho, a Microsoft atualizou a documentação online sobre o ciclo de vida de seus produtos com uma informação que envolve o Windows 10: o documento revela que o suporte oficial às versões Home e Pro — incluindo as versões Pro Education e Pro for Workstations — do sistema operacional terminará em 14 de outubro de 2025.

Na prática, isso significa que o Windows 10 deixará de receber novos recursos e atualizações de segurança a partir da data estabelecida. Talvez correções sejam liberadas após o prazo, mas apenas em situações excepcionais — quando uma falha muito grave é encontrada, por exemplo — ou por força de contratos de extensão de suporte.

A rotina regular de atualizações deixará de existir, porém. A razão é um tanto óbvia: esses esforços serão direcionados ao produto sucessor. Diante dessas circunstâncias, o usuário será incentivado a migrar para o novo sistema operacional.

Sucessor do Windows 10 pode estar a caminho

Na primeira olhada, a decisão de estabelecer uma data para o fim do ciclo de vida do Windows 10 não passa de um procedimento padrão, afinal, esse é um ritual executado em praticamente todos os grandes softwares da Microsoft.

Porém, o fato de essa informação ser divulgada às vésperas do anúncio que a companhia promete fazer em 24 de junho chama a atenção. Há fortes indícios de que, no evento, a Microsoft apresentará o sucessor do Windows 10.

Sabe-se que a empresa está preparando uma grande atualização do sistema operacional que, por ora, é conhecida como Sun Valley. Tudo indica que esse update será tão expressivo que representará uma nova fase para o ecossistema do Windows.

Não por acaso, os rumores apontam que essa atualização será batizada de Windows 11 ou apenas de Windows.

As mudanças devem envolver principalmente o aspecto visual. Menus flutuantes, animações mais rápidas e janelas com cantos arredondados estão entre as novidades esperadas.

Nesse sentido, convém lembrar que, na Build 2021, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, comentou que a Microsoft vem trabalhando em uma das atualizações mais significativas do Windows na última década.

A CITIS é parceira Microsoft e revenda autorizada, fale conosco!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Menu voltado para os artigos

Vamos conversar pelo whatsapp?