Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Conteúdo do artigo

Notícia falsa provoca corrida aos cartórios eleitorais em Minas

Informações do artigo

  • 98
  • Biometria, Cartórios Eleitorais, TRE MG,
  • Em.com

Longas filas se formaram nos cartórios eleitorais, nesta quarta-feira, e o disque-eleitor recebeu mais de mil ligações nos últimos três dias

Notícias compartilhadas por meio do Whatsapp provocaram uma corrida aos cartórios eleitorais de Minas Gerais nesta quarta-feira. No falso áudio, que tem postados também nas redes sociais, uma pessoa diz que se o cadastramento biométrico não for feito, será cobrada uma multa de R$ 150 e documentos como CPF e RG serão cancelados. Segundo o TRE, estas informações não procedem.

Diante do tumulto que isso provocou –  só o Disque-Eleitor, serviço de informações do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), recebeu mais de mil ligações nos três últimos dias sobre o assunto-, o tribunal divulgou nota informando que o prazo final para o recadastramento biométrico nas quatro cidades onde ele é obrigatório – Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia – é 9 de fevereiro de 2018.

Além disso, de acordo com o TRE/MG, nos quatro municípios com recadastramento biométrico obrigatório, o eleitor que não comparecer dentro do prazo não pagará multa. A penalidade se restringe ao cancelamento do título. O TRE/MG também  reiterou que a Justiça Eleitoral não faz nenhum contato pessoal com eleitores para fazer ou agendar o recadastramento biométrico.

Todas as informações sobre a biometria em Minas Gerais estão no site do TRE-MG

Menu voltado para os artigos