Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Conteúdo do artigo

Microsoft pede que usuários migrem para o Windows 8 para melhor segurança

Informações do artigo

  • 46
De acordo com a Microsoft, as máquinas que estão rodando Windows XP são seis vezes mais suscetíveis a infecção por malware que máquinas rodando Windows 8.
Mesmo aqueles que não gostam do Windows 8 devem considerar atualizar para o SO para ter mais segurança em relação aos sistemas operacionais mais antigos da Microsoft, diz a empresa. De acordo com o mais recente Relatório de Inteligência de Segurança da Microsoft, as máquinas que estão rodando Windows XP são seis vezes mais suscetíveis a serem infectadas que máquinas rodando Windows 8. 
 
 
Os números brutos são de que 9,1 em cada 1000 máquinas com Windows XP precisam ser limpas contra contra 1,6 máquinas com Windows 8. A razão, a Microsoft diz, é que a tecnologia de prevenção de execução de dados (DEP) do Windows XP é ultrapassada e não aborda as ameaças modernas tão bem quando as defesas no Windows 8.
 
"As pessoas descobriram como contornar a DEP", diz Holly Stewart, gerente de programa do Centro de Proteção contra Malware da Microsoft.
 
A gigante de Redmond deixará de dar suporte ao Windows XP no ano que vem e tem incentivado os clientes a atualizarem para um sistema operacional mais recente. Em todo o mundo o Windows XP representa mais de 21% do mercado de sistemas operacionais, diz a Microsoft.
 
Não é apenas o Windows XP que tem problemas de infecção: máquinas com Windows 7 são três vezes mais suscetíveis a serem infectadas (5,5 por mil) que PCs com Windows 8. Além disso, máquinas com Windows XP também se deparam com mais malware que máquinas com Windows 8, com 16,3% dos PCs com Windows XP contra 12,4% das com Windows 8, diz o relatório. PCs com Windows 7 registram a taxa mais elevada de 19,1%.
 
A Microsoft coleta dados sobre os computadores com Windows por meio da sua ferramenta de busca Bing, contas Outlook.com e de usuários do Windows que concordaram em compartilhar dados sobre suas atividades com a empresa, somando tudo isso à informação sobre bilhões de transações na Internet.
 
Usuários Windows 8 têm mais segurança
 
Um dos grandes pontos para as vendas do Windows 8 é a sua segurança, parte da qual é fornecida por meio do antivírus Windows Defender.
 
Especialistas em gestão de segurança da OPSWAT dizem que, apesar da integração do Windows Defender no novo sistema operacional, a maioria dos clientes executam softwares antivírus terceiros – 65% de usuários Windows 8 a partir de uma amostra de 840 monitorados pela OPSWAT.
 
Menores porcentagens de usuários do Windows XP (9%) e usuários do Windows 7 (20%) também executam um software antivírus terceiro, diz a OPSWAT.
 
A CITIS se coloca a disposição para sugerir e implementar soluções de segurança que diminuem este risco.
 
Fonte: PCWORLD

Menu voltado para os artigos