Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Conteúdo do artigo

Megatendências de TI que impactarão sua empresa

Informações do artigo

  • 33

Internet das Coisas, Inteligência Artificial e AR/VR trarão mudanças significativas à forma como companhias operam

A mistura de uma série tecnologias está desencadeando mudanças fundamentais na forma como as companhias operam. Inteligência Artificial (IA), blockchain e Internet das Coisas (IoT) são apenas três dos oito conceitos disruptivos que transformarão o futuro de negócios.

Segundo projeções da PricewaterhouseCoopers (PwC), os avanços tecnológicos nos próximos anos impactarão o ambiente de forma intensa. E, para não ser varrido por essa onda, as organizações precisam começar a traçar seus planos.

Veja os conceitos considerados mais impactantes para a consultoria e o que você deveria fazer para não ser pego de surpresa frente a isso.

1. Inteligência Artificial

Máquinas que “pensam por conta própria, de forma independente e, as vezes, emitindo julgamentos mais sensatos do que humanos”. Dessa forma, o 60 Minutes, popular programa da rede de televisão CBS, descreveu IA.

“Está no limiar de mudar completamente tudo”, disse o apresentador, destacando que as empresas investem bilhões para encontrar formas de aproveitar o conceito.

Os algoritmos por trás dos sistemas de aprendizado de máquina podem gerar conhecimento a partir de experiências de uma forma muito semelhante a vivenciada por nós, humanos.

“Percepção visual, reconhecimento de voz, tomada de decisão e tradução de linguagem” são tarefas que agora podem ser executadas por computadores, reforça o documento da PwC. “Programas que podem aprender, compreender, racionalizar, planejar e agir quando expostos a novos dados” são elementos que embasam e alavancam a tendência.

2. Realidade Aumentada e Virtual (AR/VR)

Esses mecanismos de aumento de realidade permitem a introdução de elementos sonoros, gráficos e visuais, além de dados, sobre um contexto físico. É ver a realidade com dados extras, extraídos de ambientes virtuais.

3. Blockchain

A tecnologia derivada do advento do Bitcoin, permite o registro eletrônico de transações. O mecanismo de validação trazido pelo Blockchain eleva recursos de segurança e pode ser utilizado em várias aplicações além da função original, vinculada à moeda eletrônica.

4. Drones e IoT

Veículos não tripulados (ou drones) podem ser uma parte forte da Internet das Coisas. “Drones podem operar de forma autônoma, com computadores de bordo, seguindo um plano de voo pré-definido ou com controle remoto”, cita a PwC, enfatizando que IoT é um dos motores da próxima Revolução Industrial.

5. Robôs

“Robôs serão mais rápidos e espertos que humanos”, pronunciou um professor da Universidade de Oxford há alguns meses. Nessa seara, existirão máquinas eletromecânicas e agentes virtuais autônomos para ajudar/desempenhar tarefas humanas, seguindo uma série de instruções.

6. Impressão 3D

Manufatura direta e digital usando plástico de baixo custo, madeira, metal e vidro podem acelerar e democratizar ciclos de produção. Isso significa que um novo produto pode chegar mais rápido e de acordo com os desenhos de consumidores aos mercados. A propriedade intelectual pode ser uma barreira.

O que está puxando as mudanças?

A tecnologia está ficando mais barata e fácil de usar. Além disso, esses recursos computacionais trazem vantagens competitivas, o que desperta o interesse no uso. Esses estímulos, somados a globalização econômica está ajudando a moldar o futuro dos negócios, projeta a PwC.

Fonte: ComputerWorld

Menu voltado para os artigos