Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Conteúdo do artigo

Mega-ataques recentes podem fazer Microsoft reduzir preços do Windows 10

Informações do artigo

  • 82
  • Ataques recentes, Microsoft, Petya, WannaCry,
  • Olhar Digital

Dois ataques em grande escala chacoalharam o mundo em menos de dois meses. Tanto o WannaCry quanto o Petya se aproveitaram em falhas no Windows. O resultado disso é que a Microsoft pode começar a vender licenças do Windows 10 mais barato, pelo menos na Índia.

Segundo a Reuters, Gulshan Rai, coordenador de cibersegurança do país, o governo local e a Microsoft estão trabalhando em uma parceria que poderia reduzir em 75% o custo de uma licença original do Windows 10. Ele também afirma que a companhia aceitou a proposta, pelo menos a princípio.

A parceria tem como objetivo solucionar um problema real dos PCs indianos. Cerca de 96% dos computadores rodam o Windows; no entanto, com o custo alto da licença, a maioria está presa em versões antigas do sistema ou pirateadas. Com isso, muitos usuários acabam não recebendo atualizações de segurança que deveriam sanar problemas no sistema. Não é muito diferente do Brasil, na verdade.

 Foi graças a uma dessas vulnerabilidades que o WannaCry e o Petya infectaram computadores e conseguiram causar o estrago que causaram. A brecha descoberta pela NSA e que caiu nas mãos do cibercrime graças a um grupo hacker intitulado como Shadow Brokers já havia sido corrigida, mas inúmeros usuários simplesmente não tiveram acesso aos pacotes de correção.

Ainda que a Microsoft acabe não lucrando tanto por licença vendida com um acordo desses, a empresa poderia atingir milhões de usuários que não pagariam por uma nova versão do Windows, o que poderia abrir novos mercados e compensar as menores receitas a cada venda com a venda em massa. O problema dessa situação é criar um precedente para que outros países proponham o mesmo acordo com condições não tão favoráveis. Como dito, o Brasil vive uma situação bastante similar à indiana em termos de atualização de sistemas operacionais.

Segundo Rai, a pressão por descontos no Windows 10 começaram ainda em maio deste ano, com o caso do WannaCry. Sua equipe também iniciou uma força-tarefa com bancos para atualizar sistemas operacionais em bancos para garantir que caixas automáticos tivessem os pacotes de correção mais recentes da Microsoft, o que ele garante que foi primordial para reduzir o impacto do Petya nesta semana.

Menu voltado para os artigos