Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Conteúdo do artigo

Facebook anuncia medidas para combater suicídios transmitidos ao vivo

Informações do artigo

  • 40

O Facebook anunciou dia 1/03 algumas melhorias com foco em prevenção de suicídio. E uma das iniciativas pode contribuir para diminuir as ocorrências de pessoas que usam a plataforma de vídeos da companhia para transmitir a própria morte ao vivo.

As ferramentas de prevenção da companhia serão integradas ao Facebook Live. Assim, se um usuário notar comportamento estranho de um amigo que estiver fazendo transmissão, ele tem como intervir diretamente e avisar a rede social. “Também vamos disponibilizar recursos para que a pessoa reportando o vídeo consiga auxiliar o amigo”, explicou a empresa.

Já a pessoa que está fazendo a transmissão verá surgir uma série de recursos na tela. “Eles podem entrar em contato com um amigo, falar com um serviço de ajuda ou consultar dicas.”

Outra novidade é que o Messenger agora conta com acesso às linhas de prevenção do Facebook. Páginas de entidades especializadas poderão conversar diretamente com a pessoa afetada, o que torna a experiência mais ágil e efetiva.

Por fim, o Facebook vai usar inteligência artificial. Os robôs da companhia foram alimentados com conteúdo visto em postagens reportadas devido ao potencial de suicídio, então conseguem identificar ameaças mais rapidamente. “Essa iniciativa com inteligência artificial tornará a opção de reportar um post sobre ‘suicídio ou autoflagelação’ mais proeminente para posts potencialmente preocupantes.”

As atualizações, que começarão a aparecer pelos Estados Unidos, mostram que o Facebook está de olho num problema que tem potencial para causar dores de cabeça enormes. Recentemente, por exemplo, foi noticiado que a rede social levou duas semanas para tirar do ar o vídeo de uma garota que transmitiu seu suicídio pelo Facebook Live.

Fonte: Olhar Digital

Menu voltado para os artigos