Cabeçalho do site

Barra de acessos extras do site

Barra de acessos extras do site

English Português Español

Área de acessos a todo o site

Página de apresentação de um artigo

Banner do artigo

Conteúdo do artigo

Correios anunciam o fim do e-Sedex, modalidade mais barata para sites

Informações do artigo

  • 90

Em crise, empresa diz que medida tem objetivo de sanear suas contas. Decisão foi bastante criticada pela Associação Brasileira de Franquias Postais.

Má notícia para os consumidores e lojas online: os Correios decidiram acabar com o e-Sedex, serviço exclusivo para o comércio eletrônico. Com preço mais baixo, próximo de uma encomenda padrão, o e-Sedex oferece os mesmos prazos de entrega do Sedex normal. A diferença é a área de cobertura, que é menor, e o limite de peso, 15 quilos.

Em entrevista ao O Globo, o presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, confirmou a notícia, que seria uma forma da empresa, em crise, conseguir melhorar sua situação financeira. “O e-Sedex tem preço de PAC (serviço convencional) e qualidade de Sedex. Isso é ter a liberdade de ser solteiro com o conforto de casado”, afirmou o executivo ao jornal.

O e-Sedex deixará de funcionar após a virada para 2017, segundo os Correios.

A decisão de encerrar o e-Sedex foi bastante criticada pela Associação Brasileira de Franquias Postais, que teme perder clientes para os concorrentes. Para a associação, o ideal seria reajustar o preço da modalidade e não acabar com ela.

Fonte: ComputerWorld

Menu voltado para os artigos