A geração dos millennials, que são as crianças nascidas a partir dos anos 2000, já está acostumada com a tecnologia. No entanto, os dispositivos móveis podem estar influenciando na hora de sono das crianças que passam o dia conectadas.

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Londres, crianças de 6 meses a 11 meses que brincam com smartphones e tablets dormem menos que aquelas que não brincam. Cada hora de uso do touchscreen resulta, em média, em 15,6 minutos menos de sono ao longo do dia, sendo que aumenta para 26,4 minutos a menos por noite.

"Não é uma quantia grande quando você está dormindo de 10 a 12 horas por dia, mas, no caso do desenvolvimento de crianças, cada minuto conta", explica o coautor do estudo Tim Smith.

No entanto, os pesquisadores afirmam que ainda é muito cedo para dizer se a tecnologia nos primeiros anos de vida pode ser prejudicial para o desenvolvimento. "As crianças analisadas durante o estudo usaram um touchscreen 25 minutos por dia, o que resultou em uma redução de 6 minutos, em média, do sono”, afirma Smith.

Além disso, estudos anteriores mostram que os dispositivos touchscreen ajudam a acelerar o desenvolvimento motor das crianças, quando comparado com aquelas que não tiveram acesso ao aparelho.

Fonte: OlharDigital